segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Brique da Redenção

Uma das manifestações culturais mais tradicionais de Porto Alegre iniciou quando a Administração Municipal reuniu um grupo de pessoas para que estas desenvolvessem um projeto de implantação de uma feira de antiguidades. A Feira das Pulgas, como foi denominada, era composta de 24 expositores que comercializavam objetos antigos. No ano de 1978, a Prefeitura de Porto Alegre, na gestão de Guilherme Socias Villela institui a Feira como “Brique da Redenção”, por meio da Lei nº 6295. Em seguida, no ano de 1983, Villela , por meio da Lei nº 8193, institui a “Feira de Artesanato do Bom Fim” e regulamenta sua administração por meio da Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio.

Procuradoria Geral do Município de Porto Alegre

A Procuradoria Geral do Município de Porto Alegre (PGM) ganhou o status de Secretaria no ano de 1976 por meio da por meio da Lei Municipal nº 4.120, de autoria do prefeito Guilherme Socias Villela. Neste mesmo ano também foi criado o cargo de Procurador-Geral do Município.

Secretaria Municipal de Indústria e Comércio de Porto Alegre

A Secretaria Municipal de Indústria e Comércio de Porto Alegre (SMIC) criada em 17 de julho de 1956 tinha como nome Secretaria Municipal da Produção e do Abastecimento. O nome atual foi dado pelo então prefeito Guilherme Socias Villela em 3 de dezembro de 1975, quando entrou em vigor a Lei 4.062/75 que ampliou sua competência para atuar nas áreas de desenvolvimento agropecuário, industrial e comercial.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Sociedade e Poder



O livro "Sociedade e Poder", de autoria do vereador Guilherme Socias Villela, ganhou nesta semana uma versão digital.

A obra, que trata da interdependência e harmonia dos três poderes no Brasil - Executivo, Legislativo e Judiciário -, agora pode ser consultada aqui: http://www.gsv-sociedadeepoder.blogspot.com.br/

Essa é mais uma iniciativa do vereador que desde o início do seu mandato priorizou o uso do meio digital.


Confira o que Villela realizou em dois anos de mandato


segunda-feira, 15 de junho de 2015

Cefor debate pista do Salgado Filho

A Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e do Mercosul da Câmara Municipal realizou na terça-feira (09.06) uma reunião para debater a perda da arrecadação em importações pela ausência de pista adequada no Aeroporto Internacional Salgado Filho. Presidido pelo vereador joão Carlos Nedel (PP), o encontro teve como convidado o desembargador Francisco josé Moesch.

O desembargador destacou que grande parte das importações feitas por via aérea utilizam os aeroportos de Guarulhos e Viracopos, no estado de São Paulo, já que a pista do Salgado Filho não apresenta as condições adequadas. Ou seja, mesmo que o produto tenha como destino final o Rio Grande do Sul, a arrecadação dos impostos ocorre no local onde é realizado o desembaraço aduaneiro de entrada.

Ao comentar sobre alguns dos principais impostos que incidem sobre os produtos industrializados, como o IPI e o ICMS, por exemplo, Moesch disse que para o importador o fundamental é a velocidade. “Ele quer que seu produto seja o mais rapidamente possível desembaraçado e colocado à disposição do público final. Cabe a cada estado trabalhar no sentido de garantir a arrecadação dos tributos para si”, afirmou.

Segundo Moesch, a ampliação do aeroporto é uma questão urgente. “Tenho quase 20 anos de experiência como magistrado, já apreciei mais de 40 mil processos tributários, por isso posso dizer que se tratam de números expressivos que o estado está deixando de arrecadar. ”

O vereador Guilherme Socias Villela (PP) cumprimentou o magistrado por seu interesse e dedicação aos assuntos ligados à Porto Alegre, e aproveitou para questioná-lo quanto sua posição sobre as concessões. “É necessário garantir também que o concedente tenha condições de exercer sua atividade. Sou favorável às concessões, pois temos que pensar a longo prazo e na viabilidade do negócio, pontos que se ajustam com o tempo”, finalizou.

Também estavam presentes na reunião os vereadores Idenir Cechin (PMDB), Bernardino Vendrusculo (PROS), Airto Ferronato (PSB) e Cassio Trogildo (PTB), presidente da Frente Parlamentar da Expansão da Pista do Aeroporto Salgado Filho.

segunda-feira, 1 de junho de 2015

60 anos do Centro Uruguaianense

Villela prestou homenagem aos 60 anos do Centro Uruguaianense de Porto Alegre
Crédito: Ederson Nunes

O vereador Guilherme Socias Villela (PP) realizou na tarde de quinta-feira (28.05), durante a Sessão Ordinária, um registro pelos 60 anos da fundação do Centro Uruguaianense de Porto Alegre.

Ao subir na Tribuna, Villela destacou que o Centro - fundado no ano de 1955 - desempenha importante papel na Capital, cultivando a tradição da cidade fronteira. O vereador ressaltou que sua homenagem foi também como antigo prefeito de Porto Alegre, e lembrou que a Capital teve outro prefeito uruguaianense, o ex-prefeito Raul Pont.

Durante a homenagem estavam presentes o presidente do Centro, Flávio Fernandes Soares; o vice-presidente, Vanderlei Maurer; o tesoureiro, Carlos Elder Pavani; e o diretor cultural, Luiz Alberto Ibarra, além de outros convidados.