quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Reunião em comemoração dos 35 anos do Brique da Redenção

Vereador Villela fala sobre a história do Brique da Redenção

O Vereador Guilherme Socias Villela recebeu nesta terça-feira (30/01), dois integrantes da Comissão Deliberatva do Segmento Antiquários do Brique da Redenção, em comemoração aos 35 anos da criação do Brique da Redenção, Marilene Borba e Valter Berdun, além dos integrantes expositores Helena Toldo e Alfredo Horday, que participa desde o primeiro dia da formação da Feira das Pulgas, de 1978, atual Brique da Redenção.

Foram levantadas demandas pertinentes ao Brique, como localização, segurança e condições dos banheiros. Segundo Helena Toldo, há falta de policiamento nas proximidades da feira.
O Vereador Villela se dipôs a receber uma lista com outras solicitações dos expositores.

Inicialmente chamado de Feira das Pulgas, criada em 1978, pelo então prefeito e atual Vereador Guilherme Socias Villela, o Brique da Redenção surgiu como uma feira de antiguidades, composta por donos de antiquários e inspirada no modelo já existente em San Telmo, Buenos Aires – Montividéu. Inicialmente com 24 expositores, a feira hoje abriga mais de 300 artistas, artesões e pequenos produtores de alimentos caseiros, tornando-se um dos pontos mais tradicionais da capital gaúcha com cerca de 30mil visitantes aos finais de semana.

Nenhum comentário: