sexta-feira, 7 de junho de 2013

Câmara de Porto Alegre recebe Plano Plurianual

Momento de entrega do PPA ao presidente da Câmara, Thiago Duarte (PDT). 
Foto: Ederson Nunes

O Plano Plurianual (PPA 2014-2017) foi entregue em mãos pelo prefeito José Fortunati ao presidente da Câmara Municipal, Thiago Duarte (PDT), na tarde da última quarta-feira (05). O ato foi realizado na Câmara na presença dos vereadores e da imprensa.

Em seu discurso, Fortunati ressaltou pontos importantes do Plano como a busca de parcerias com os Governos Federal e Estadual, em busca de recursos para a Capital; o aperfeiçoamento de mecanismos internos de gestão; a transparência orçamentária – na qual Porto Alegre encontra-se em 2º lugar, segundo o Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) -; parcerias com outros municípios brasileiros e alguns programas estratégicos. Destacou também a construção diferenciada do PPA, a partir da reforma administrativa aprovada pela Câmara em 2012, que já tem o reconhecimento de entidades nacionais como o Movimento Brasil Competitivo.

Presente no ato da entrega o vereador Guilherme Socias Villela (PP) confirmou a importância, ressaltada pelo prefeito, de que uma cidade precisa de orçamento aliado ao planejamento estratégico. O chefe do Executivo destacou: “Aprendemos que é impossível trabalhar separadamente o planejamento estratégico da execução orçamentária porque quando descasadas criam dificuldades lá na frente”. Fortunati fez também uma rápida análise da atual situação econômica e financeira da Capital, lembrando que a taxa de desemprego é a menor do Brasil.

Após a entrega do PPA, o prazo que a Câmara Municipal tem para apresentar a redação final do projeto, votado pelos vereadores, é dia 15 de agosto. Em seguida, a matéria segue para a Comissão de Finanças, Orçamento e do Mercosul (CEFOR) e de lá vai para o Plenário, onde será submetida a quatro sessões de Discussão de Pauta, retornando à CEFOR para ser relatada. Durante o período de pauta, emendas populares, subscritas por pelo menos três entidades legalmente constituídas, e dos vereadores, poderão ser apresentadas.

Nenhum comentário: