quinta-feira, 13 de junho de 2013

Dia de Santo Antônio é marcado por homenagens ao vereador

Nesta quinta-feira (13), o Lar Santo Antônio dos Excepcionais prestou uma homenagem ao vereador Guilherme Socias Villela pela dedicação e amizade destinadas ao local. O vereador é patrono do lar, que atende atualmente cerca de 60 abrigados, entre crianças, adolescentes e adultos com necessidades especiais.

Villela recebe das mãos da presidente da instituição, Bety, a placa de homenagem
Foto: Mariana Blessmann

A homenagem fez parte do almoço de comemoração ao dia do Padroeiro e aos 34 anos do lar. Prestando as homenagens à Villela, a atual presidente do lar, Maria Bernadete Cordoni Magalhães (Bety) e o diretor administrativo, Edison Pontes Magalhães, ressaltaram sua importância para o local e, em demonstração, entregaram uma placa e se dirigiram à entrada do Lar para o descerramento de uma foto do vereador, agradecendo sua participação no funcionamento da obra. Na ocasião, Villela agradeceu as homenagens e mencionou o reconhecimento que a Câmara de Vereadores irá oferecer ao Lar Santo Antônio. “Eu protocolei, com o apoio de Márcio Bins Ely e Kevin Krieger, o Troféu da Câmara Municipal de Porto Alegre, que é a mais importante premiação outorgada pela Casa, e que será entregue em prestígio ao excelente trabalho do vocês.”, exaltou Guilherme Socias Villela.  A premiação da Câmara é conferida a pessoas jurídicas que tenham se destacado publicamente e contribuído para o desenvolvimento social e humano da cidade de Porto Alegre e, segundo Villela, por esses motivos o Lar Santo Antônio é merecedor do Troféu. 

Após todas as homenagens e cerimônias religiosas, que tiveram as presenças do arcebispo Metropolitano, Dom Dadeus Grins; do rabino Guersohn; do padre Fábio Christi e de Carolina Reinz, do grupo espírita Leon Dennis; Bety finalizou o evento lembrando de uma frase do vereador na época em que abraçou o Lar: “Aqui é um pedaço do céu”.

Conheça o Lar Santo Antônio
Fundado em 10 de fevereiro de 1979 por um grupo de voluntários, o Lar Santo Antônio teve sua primeira sede localizada na rua Sebastião Leão. Na época o local abrigava 18 pessoas portadoras de lesão cerebral grave ou severa. No entanto, devido a dificuldades encontradas como a falta de recursos para manter o lar, depois de algum tempo foi necessário entregar a casa e dividir os abrigados entre voluntários e diretores do Lar Santo Antônio. Nesse momento, Guilherme Socias Villela teve papel fundamental quando, em seu mandato, conseguiu disponibilizar um novo prédio, cedido em regime de comodato, e que foi inaugurado em 11 de julho de 1981. Outra participação importante de Villela naquele ano foi a indicação de Élida Messias Ferreira para presidente do Lar, cuja participação nas novas instalações foi decisiva. Élida foi quem convidou Maria Bernadete Cordoni Magalhães, na época voluntária, para integrar os postos de Conselheira Consultiva e Vice-presidente. Atualmente, Bety é presidente da instituição.

Nenhum comentário: